As postagens desse blog são em caráter informal e de apego ao saber popular, com seu entusiasmo, exageros, ingenuidade, acertos ou erros.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

HQ - Os Cabuçus Nº 7 (Janeiro/2011)

Homenagem à dupla "Os Cabuçus", que perdeu o grande humorista Pádua Borges (Lurdico) nesta quinta-feira 17/07/2014 (Veja). Três historinhas legais dos cabocos pai-d'éguas do Amapá, que vão deixar muita saudade em todos que acompanharam suas aventuras nos programas de rádio/TV, teatro e quadrinhos, como nessa HQ que circulou em Macapá em janeiro de 2011 (tendo a arte de Honorato Jr).  
Vá em paz, Lurdico!!!



Mais em:
HQ - Todos chamados à Inclusão - GEA / 2007  

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Macapá e suas ruas (Rua Cândido Mendes - Reportagem 2012)

A Rua Cândido Mendes, também chamada de rua do comércio, é uma das mais importantes vias em Macapá. Em 04/02/2012 foi exibida uma reportagem na TV-AP contando sua história.  O vídeo foi exibido em homenagem ao aniversário da cidade, com imagens de Inival Silva e reportagem de  Evandro Luiz

Os pontos apresentados foram:

- Todo macapaense passa pelo menos uma vez na vida na Rua Cândido Mendes. Se a economia vai bem, é lá que esse reflexo é logo sentido e a rua leva o nome de um político que defendeu a emancipação do Amapá. A Cândido Mendes faz parte da história da capital e como centro financeiro se tornou uma das principais referências. 
Rua Cândido Mendes, década de 1960 (Acervo Histórico do Amapá)
Rua Cândido Mendes, década de 1980 (Foto da Revista Veja, Março/1982)
Rua Cândido Mendes, 1996 (Foto do acervo da Biblioteca Ambiental da SEMA em Macapá)
Rua Cândido Mendes, 2011 (Foto: Rogério Castelo)
Olha o caos nos horários de maior movimento!
- A Igreja de São José, o Museu Joaquim Caetano da Silva, a Fortaleza de São José e o Mercado Central delimitam o espaço que tem como referência a Rua Cândido Mendes, a principal via do comércio de Macapá. (Ei amigos! O Teatro das Bacabeiras não pode ficar de fora dessa lista de referências, heim!!) A cidade cresceu, mas é ainda nesse perímetro que a maioria dos amapaenses se encontram. Eles vêm de diversos pontos da capital.
Imagens do vídeo
- Assim como muitas outras cidades, Macapá apareceu e cresceu às margens do rio e a Rua Cândido Mendes foi a principal rota para a escoação dos produtos que chegavam nas embarcações. 
Eita! A foto não é muito nítida, mas é Macapá no início do século XX, nas adjacências da Fortaleza, às margens do rio Amazonas (Acervo Histórico do Amapá). Para quem não conhece a cidade, a Cândido Mendes é a rua que passa ao lado da Fortaleza. Descobre aí! 
- No começo, diferente de hoje, os comércios e casas eram construídos em madeira. Parte dessa história está contada no livro do professor Paulo Cambraia sobre os regatões (barcos-comércio que ajudaram a cidade a dar os primeiros passos). "A Cândido Mendes tem importância histórica para a cidade, que tem importância para a Amazônia desde o período colonial. Antigamente tinha um chavão que dizia Macapá, Cidade Jóia da Amazônia!. De fato, Macapá sempre foi uma jóia para a Coroa Portuguesa, depois para o Império Brasileiro, principalmente por conta do ponto estratégico onde se encontra, e a Cândido Mendes sempre foi referência." (Paulo Cambraia )

- No Centro antigo haviam apenas oito ruas. Todas ganharam novas designações e a única que permaneceu com o mesmo nome foi a São José. O padroeiro de Macapá resistiu às mudanças do tempo.

Cândido Mendes
A rua por onde todo mundo hoje passa antes era Rua Formosa, depois passou a homenagear um político importante do nosso passado. Cândido Mendes foi um senador maranhense que durante muito tempo defendeu a separação entre Pará e Amapá e hoje nomeia a principal rua do comércio da capital, que serve de termômetro para a economia do estado (Veja mais informações no blog do historiador Edgar Rodrigues - AQUI). Se o comércio e as vendas estão em alta, o movimento da Rua Cândido Mendes é grande. O efeito é sentido em outros setores: novas construções, geração de empregos e recolhimento de novos impostos.

- "As maiores empresas, as mais tradicionais, estão na Cândido Mendes. Claro que saíram para outros bairros, mas os bancos ficavam todos em volta, uns na Cândido Mendes  e outros nas ruas adjacentes. Fez com que aí ficasse o centro empresarial e financeiro de Macapá (Ladislao Monte - Presidente da Fecomercio/2012)

Rua Cândido Mendes (Foto de Hugo Leão Portal)
- A Rua Cândido Mendes é mais que uma via pública, é um ponto de referência, de encontro, e por mais que as pessoas passem apressadas por aqui sem se conhecerem elas também deixam suas pegadas na história da capital. A rua que é a cara de Macapá é também encontro de reunião de quem vive aqui.