As postagens desse blog são em caráter informal e de apego ao saber popular, com seu entusiasmo, exageros, ingenuidade, acertos ou erros.

sábado, 27 de julho de 2013

Macapá e suas ruas (Av Mendonça Furtado)

Mendonça Furtado (Francisco Xavier de Mendonça Furtado, 1700 - 1769): Português, foi governador geral do Estado do Grão-Pará e Maranhão no período de 1751 a 1759, era irmão do Marquês de Pombal  e foi fundador da Vila de São José de Macapá, em 04/02/1758.

É uma das primeiras ruas de Macapá...
...com início atrás da Igreja São José.
2013 - Aqui se inicia esta avenida.
1982 - Quanta diferença há algumas décadas...
Foto: porta-retrato-ap.blogspot.com
O alargamento do meio-fio ocorreu em 2008 e, entre seus objetivos,  está a criação de um espaço para eventos culturais organizados pela Confraria Tucuju, que funciona em frente ao local. Alguns desses eventos estão se tornando tradição, como a batalha de confetes no carnaval, o almoço no aniversário da cidade e os saraus com programações diversificadas (shows regionais, declamações de poesias, exposição de pinturas, divulgação de livros, etc e tal).
Esse sarau eu fotografei em 05/11 (2011), uma data bem sugestiva para isso... Não sabes o por quê? Anota aí: é o Dia Nacional da Cultura Brasileira. Veja AQUI. E viva a arte e a cultura!!!!!
O revés das atuais alterações, é que o lugar com trânsito movimentado (pela presença de vários estabelecimentos comerciais) acabou congestionando com a recente praça e também com a abertura do Shopping Villa Nova. Também se tornou um ponto de encontro de cidadãos que, em seus encontros noturnos rotineiros, deixam para trás muita sujeira, notando-se também muito vandalismo.
 
 Imagens diversas do Largo dos Inocentes.
Essa imagem mostra o Largo dos Inocentes, o popular Formigueiro, no início do século passado. A imagem faz parte do acervo da Biblioteca da Prefeitura de Macapá. O local foi um dos primeiros núcleos de residências na cidade e teve moradores ilustres hoje na história amapaense, como a parteira Mãe Luzia.

Meus amigos, para conhecer a história do Formigueiro sugiro que acessem os links abaixo, escritos por pessoas idôneas com mais credibilidade:

- O Formigueiro ou Largo dos Inocentes (João Lázaro) 

Ontem e hoje no início da Av.Mendonça Furtado
Década de 1960 - Não havia meio-fio e vemos o Pensionato são José
 2013 - O Shopping Villa Nova (inaugurado em 2012)
Esse é o largo dos Inocentes em Macapá... histórico e exaltado em poesias, como esta, em uma placa no local (não encontrei a referência ao autor)
 
Largo dos Inocentes

Minha inspiração vem do Largo dos Inocentes
minha inocência também

Não ando a passos largos no Largo
Ando que nem andorinha andarilha

O saudoso Formigueiro
formigava de gente logo de manhã
E era um retiro imaculado
oedifício das irmãs...

O cine-teatro João XXIII
era nossomundo de diversão
Hoje, aperta no peito
nostálgica recordação...

Nesse Largo de ruas largas
meu coração fica estreito ao ver:
hibiscos saltando do cimento
casais, crianças, lembranças...
design lusitano com charme Tucuju

Ainda há muito, quase tudo:
A Igreja, onde o Sagrado Coração nós dá a mão,
a SEMA, semente de preservação 

A Biblioteca Elcy
que guarda pérolas de prosa e poesia em si

A Confraria, irmandade
que fortifica como o Forte
a nossa identidade

Lar, doce Lar(go),
que alarga nossos horizontes,
alegra nossa alma
e alarga nossos olhos...

Há de se destacar também, para quem não conhece Macapá, que a SEMA e sua Biblioteca Ambiental estão localizadas no início dessa avenida, atrás da Biblioteca Estadual Elcy Lacerda (Centro). Está vendo aquela janela no prédio... é lá que encontramos a principal biblioteca ambiental do Amapá. 
Vamos adiante na avenida... aí o cruzamento com a Rua Tiradentes.
 O meio fio da avenida é bem ornamentado com canteiros floridos, 
em toda a sua extensão, que vai até a Rua Leopoldo Machado...
...passando pela Catedral São José, no cruzamento com a Rua General Rondon.
...a escadaria dessa igreja está se tornando um tradicional ponto para aquelas fotos históricas dos formandos, já vi várias cenas como estas (anteriormente mais frequentes na escadaria do Fórum e do Monumento Marco Zero)... Ah, observações bobas, vamos adiante...
 ...o cruzamento com a Rua Eliézer Levy. No prédio murado, à direita, encontramos a Biblioteca da Prefeitura Municipal de Macapá. O local tem um acervo de fotos históricas muito valoroso... lá encontramos os originais de muitas fotos que vemos circulando na internet. Estou tentando firmar uma parceria para digitalizar o que puder... já fiz isso com alguns textos e, nestas minhas férias, digitalizei a obra "Personagens Ilustres do Amapá", de Coaracy Barbosa (Vol. I e II). Em breve essa biblioteca vai mudar de endereço... irá para a zona norte, nas imediações da rodovia em construção.
  
Percorrendo a avenida...
Cruzamento da Av. Mendonça Furtado com Rua Odilardo Silva (Centro)
 
Ah meus amigos... não sou fotógrafo de cartões postais... vou só observando onde passo... e tenho que registrar, coisa talvez que as autoridades competentes não tenham dado a devida atenção, que os cruzamentos desta avenida com a Ruas Odilardo Silva e Jovino Dinoá são pontos críticos ao se falar de drenagem urbana nesta via. Sempre vemos alagamentos no trecho nas chuvas mais intensas... insatisfação explícita dos moradores nos jornais e mídia em geral. 
Cruzamento com a Rua Jovino Dinoá. Do prédio amarelo, à direita, registrei fotos aéreas bem interessantes da cidade. Agradeço a autorização dos proprietários. Veja aí algumas das fotos...
 Cruzamento com a Rua Jovino Dinoá.
Visão mais aproximada...
 Cruzamento com a Rua Leopoldo Machado...
...visão aproximada... esta inteceptação é o limite final do meio-fio nesta avenida.
...Nota-se que o Bairro Central ainda é bem arborizado...
 
...e está em um processo crescente de verticalização, a cada ano...
Igreja Evangélica dos Irmãos, na esquina com a Rua Jovino Dinoá. Existe desde a década de 1950 em Macapá e iniciou com o trabalho missionário de Eduardo Miller (norte americano que aportou nestas terras em 1951). Para conhecer um pouco da história dessa igreja acesse os links:
Década de 1960 (Foto: alcilenecavalcante.com.br)
2013
Minha mãe é evangélica desde 1988, mas quando menina visitava esta igreja, onde recebeu as primeiras sementes do evangelho.
Mais uma visão aérea da cidade, onde vemos a Igreja dos Irmãos...

Essa foto mostra um grupo de crianças na igreja (talvez na década de 1970) e me foi cedida pelo pastor pioneiro Eulálio Alfaia, a quem conheci recentemente. É um cenário que me faz pensar nos cultos que minha mãe participou quando menina, até em reuniões em uma casa na Fazendinha, junto com meu tio-avô Nelson Castelo (que era membro e obreiro). Talvez por isso, sempre teve zelo depois em encaminhar os filhos no evangelho e, mesmo quando éramos católicos, nos ensinou que não rezássemos para santos ou se curvasse diante das imagens... mas apenas para Deus! Pode ser que tenha conhecido passagens bíblicas como a do livro de Atos Cap 10 (vers. 25 e 26)... Graças a Deus por tudo!


As imagens acima registrei no sábado (27/07/2013), onde um grupo de jovens e crianças da igreja estavam mobilizados para uma ação de cuidados com os canteiros na Av Mendonça Furtado, nas proximidades da igreja. Bela atitude!
    
 
E vamos em frente...
...deixemos para trás este primeiro trecho da avenida 
e vamos em busca, quem sabe, de outras histórias...
 Visão noturna do trecho (fonte: facebook.com/Macapa.amo.esse.lugar)
Passando pelo cruzamento com a Rua Leopoldo Machado... a do sentido da maioria dos carros... e mais Macapá em verticalização!!!!!
Agora o cruzamento com a Rua Hamilton Silva...no centro da foto...Gostei da panorâmica!! Vamos curtir mais um pouquinho, pois essas imagens me foram um pouco difíceis para registrar... Agradeço muito a autorização concedida... Uma benção!!!
A avenida (a via no centro da foto), a partir do cruzamento descrito anteriormente, segue com uma característica bem positiva, é bastante arborizada... paracendo, às vezes, uma alameda. Espera lá, que vou descer daqui e te mostrar de perto...
Que te parece... Tenho ou não tenho razão? As fotos acima mostram trechos da avenida passando pelas ruas Manuel Eudóxio, Professor Tostes, Hildemar Maia, Santos Dumont e Marcelo Cândia. Ressalta-se que a inteceptação da avenida com a Rua Hildemar Maia marca um dos limites entre os Bairros Central e Santa Rita, e a Rua Marcelo Cândia marca o final da Av Mendonça Furtado... bem na frente do Hospital São Camilo. 
Opa, opa! Retrocedamos um pouco! Passamos pelo...
Não conheço a igreja proximamente... no que me informei, esta tem seu histórico a partir de 2005 e valoriza muito a visão celular no modelo dos 12. Isso na prática é tornar cada membro um evangelista e com comunhão mais próxima com os irmãos! À seus discípulos, Jesus disse algo importante, que é afinal o papel da igreja neste mundo (descrito nos 3 últimos versículos do Evangelho de Mateus). Na visão celular há encontros caseiros de discipulado e evangelização, isso, dependendo da igreja, é chamado de células (como nesta denominação), Círculo de Oração (na Assembléia de Deus), Grupo Familiar (na Igreja Evangélica Betânia) e PG - pequeno grupo (na Igreja Batista), por exemplo. Enfim, é o fortalecimento do estudo, evangelização e comunhão de forma mais casual, sem a formalidade de um templo, como muitos julgam que seja só isso a igreja. Esse era o cristianismo na igreja primitiva dos primeiros séculos.
E chegamos no final da avenida, onde encontramos o Hospital São Camilo, um marco na história do Amapá, construído na década de 1960 pelo Dr Marcelo Cândia.  Veja NESTE LINK uma histórica imagem de 1962, postada por Alcilene Cavalcante.
O hospital passou por recentes alterações, veja aí...
2005 - Foto publicada no Jornal Diário do Amapá
2013
Essa imagem da avenida registrei do São Camilo, onde conheci o sr Vivaldo Soares, da administração, a quem agradeço a receptividade ao meu projeto de registro das ruas e também por me conceder as duas fotos seguintes, que mostram o hospital em uma visão panorâmica, registradas de um avião (fretado para isso).
 Não poderia deixar de registrar a extensão estimada da avenida.
Tem cerca de 2,5 km.

Viu aí como é a Av. Mendonça Furtado!!!!

Até uma próxima...

Quem quiser que conte outra!